Casa das Empreendedoras apoia startups lideradas por mulheres

header casa das empreendedoras

A iniciativa é uma das etapas do Prêmio Mulheres Tech em Sampa
 

Nos dias 15, 16 e 17 aconteceu em São Paulo a 1ª edição da Casa das Empreendedoras, atividade do programa Prêmio Mulheres Tech em Sampa. A iniciativa foi realizada pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Tech Sampa, e pela Rede Mulher Empreendedora, em parceira com as empresas de tecnologia Airbnb e Oracle, a aceleradora a Wayra – aceleradora do programa Telefónica Open Future, o escritório Souza Cescon, a produtora Beats Brasil, a Associação Brasileira de Startups e o portal Startupi.

 

Durante três dias, as seis startups vencedoras da 3ª edição do Prêmio participaram de uma imersão em atividades de capacitação, mentoria e desenvolvimento de negócios, numa casa oferecida pelo Airbnb. Dentre as diversas atividades, destacam-se o Workshop de Liderança e o seminário Empreendedoras Inspiradoras, oferecidos pela Oracle, além da Arena de Aprendizado, com palestras sobre investimento, vendas e marketing digital, realizados pela aceleradora Wayra.

 

No encerramento do dia 17 aconteceu o Dolphin Tank, uma simulação do programa americano Shark Tank, onde as empreendedoras apresentarão seus pitches para os convidados. Ao longo dos três dias, devem passaram pela Casa das Empreendedoras mais de 100 executivos do ecossistema de startups, dentre investidores, fundadoras de startups, executivos de empresas de tecnologia e jornalistas.

 


 

O Prêmio Mulheres Tech em Sampa foi idealizado com o objetivo de reconhecer e fomentar a participação de mulheres em áreas como tecnologia e startups. Ao longo das três edições, apoiou 16 projetos inovadores que incentivaram mais de três mil mulheres a atuar no setor de tecnologia.

 

“Precisamos de políticas públicas que fomentem o interesse feminino por campos como a tecnologia e a inovação. São Paulo é hoje o principal hub de startups do Brasil e é indispensável a participação feminina na economia criativa e no empreendedorismo. Tenho certeza que as boas práticas apresentadas na premiação servirão de inspiração para muita gente”, disse Daniel Annenberg, secretário municipal de Inovação e Tecnologia.

 

Startups presentes na Casa das Empreendedoras
 

As seis equipes vencedoras, escolhidas entre mais de 60 projetos inscritos, são:

 

Beleza de Farmácia: Aplicativo de smart choice que auxilia a consumidora na decisão de compra de beleza, liderado por Maytê Carvalho. Visite o site.

 

Celebrar: Marketplace colaborativo de serviços para festas que conecta formandos e organizadores a fornecedores de serviços, liderado por Camila Florentino. Visite o site.

 

Nahora.com: Plataforma de vendas relâmpago de passagens aéreas com até 50% de desconto, liderado por Maria Alice Cabral Maia. Visite o site.

 

SoulVox: solução possibilita que pessoas com comprometimento na fala, possam voltar a se expressar de maneira mais humanizada, liderado por Thais Romanelli. Visite o site.

 

Testr: Solução democratiza os testes de usabilidade ao simplificar os processos com uso da tecnologia, liderado por Elisa Volpato. Visite o site.

 

Vittude: Marketplace que conecta psicólogos e pacientes, promovendo saúde e bem-estar, liderado por Tatiana Pimenta. Visite o site.

 

Todas as startups vencedoras são fundadas ou lideradas por mulheres e contribuem para aumentar a participação feminina no ecossistema de startups da cidade de São Paulo. “A RME luta para melhorar a participação de mulheres na tecnologia e no ambiente de startups e aposta em ações como o Prêmio Mulheres Tech em Sampa, iniciativa que certamente contribuirá bastante para mudarmos este cenário”, diz Ana Fontes, fundadora da RME.

 

Veja mais fotos do evento

s;