Brasileira recebe o prêmio Cartier Women’s Initiative Awards 2017

Candice Pascoal, única brasileira indicada ao prêmio, é fundadora e CEO da Kickante, maior plataforma de crowdfunding do País

 

Aconteceu este mês em Singapura, a maior premiação mundial que fomenta o empreendedorismo feminino, o Cartier Women’s Initiative Awards 2017. Este evento escolhe seis mulheres que estão causando impacto no mundo com suas inovações em empreendedorismo social, uma gama de negócio que mescla negócio e ação social. Candice Pascoal, fundadora e CEO da maior plataforma de financiamento coletivo do Brasil, Kickante, foi a vencedora da América Latina. Com o prêmio, a Kickante agora se prepara para conquistar o mundo e expandir na América Latina.

 

Os renomados Cyrille Vigneron (CEO da Cartier) e Ilian Mihov (CEO da INSEAD) anunciaram as seis premiadas, que foram selecionadas por um júri internacional independente. Além da brasileira Candice Pascoal, Katie Anderson foi a vencedora da América do Norte (Estados Unidos, Save Water Co, uma solução que economiza 40% dos gastos de água em casas nos Estados Unidos, sem haver alguma mudança nos hábitos domésticos); na Europa foi Ciara Donlon (Irlanda, THEYA Healthcare, uma inovação de sutiã com fibra de bambu para mulheres que sofrem com cancer de mama); na África Subsaariana, Salma Abdulai (Gana, Unique Quality Product, uma nova fibra para alimentar famílias a um custo menor e maior nutrição); no Oriente Médio e África do Norte, Sara Kristina Hannig Nour (Egito, Sara and Lara’s Baskets, um empreendimento que promove alimentação orgânica em um país com sério problemas de qualidade agrícola); e na Ásia Pacífico, Trupti Jain (Índia, Naireeta Services, uma inovação que torna a terra árida fértil e dá às mulheres sofrendo extrema pobreza uma sólida fonte de renda).

 

A Kickante, da brasileira Candice Pascoal, foi reconhecida por ser a única plataforma de financiamento coletivo do mundo que funciona em larga escala  em países em desenvolvimento. A empreendedora inovou com seu conceito no Brasil trazendo campanhas flexíveis, doações parceladas, clube mensal e eventos do bem, e a plataforma ainda faz a primeira doação para toda campanha. Com isso, a Kickante tem alcançado números de captação crescente, impactando diretamente o desenvolvimento do país.

 

“Vejo o povo brasileiro como o mais criativo que há! Mas criatividade nem sempre representa oportunidade. E é aí que mora o perigo. Trabalhei na indústria da música e vi de perto as mudanças deste setor e a queda de diversas empresas da área por não saberem como lidar com o mundo digital. Além disso, atuando com consultoria de arrecadação de fundos para as ONGs, percebi que tudo era feito com um custo enorme, o que acabava inviabilizando a arrecadação em massa para a maioria das instituições. Em uma viagem para a Índia, vi uma criança dormindo no chão de uma ONG e um rato passou. Estávamos discutindo captação e me dei conta que eles jamais poderiam profissionalizar a captação com as ferramentas existentes. Pois geralmente é necessário gastar para captar. Foi neste momento que identifiquei as possibilidades oferecidas pelo crowdfunding, pois através dele qualquer pessoa pode arrecadar fundos e tirar seus projetos do papel sem risco e sem custo inicial. Empolgada com o poder transformador e social dessa ferramenta, decidi investir no segmento no Brasil. Mas pesquisando o mercado de crowdfunding concluí que o que vivíamos no exterior ainda estava muito distante do Brasil. Resolvi, então, deixar uma carreira executiva de alta remuneração internacional para liderar uma startup de impacto social, a Kickante. Junto com meus sócios, meu irmão Diogo Pascoal e Viviane Sedola, enxergamos no crowdfunding o potencial de democratização, de oferecer o poder para que qualquer pessoa conseguisse tirar seus projetos/sonhos do papel e desde então lideramos a empresa”, completa Candice.

 

Candice também já foi reconhecida pelos Estados Unidos como uma das 10 brasileiras mais inovadoras na área de tecnologia no Brasil e nomeada pela revista ProXXIma como uma das 50 profissionais mais inovadoras da área de marketing e comunicação do país.

 

Fonte: Divulgação

s;